Caso Bernardo: Delegada fala sobre o caso em coletiva de imprensa. Ouça entrevista

A delegada Caroline Bamberg Machado é responsável pelo caso. Para auxiliar no inquérito, foram mobilizadas equipes da Polícia Civil de Santa Rosa, Santo Ângelo e do Departamento da Criança e do Adolescente (Deca).

Qua, 16 de abril de 2014

A delegada de Policia Civil Caroline Bamberg Machado concedeu entrevista coletiva à imprensa, na manhã desta terça-feira, 15, em Três Passos, sobre o desfecho do caso do desaparecimento do menino Bernardo Boldrini.


A delegada de Policia Civil Caroline Bamberg Machado concedeu entrevista coletiva à imprensa, na manhã desta terça-feira, 15, em Três Passos, sobre o desfecho do caso do desaparecimento do menino Bernardo Boldrini.

A delegada Caroline Bamberg Machado é responsável pelo caso. Para auxiliar no inquérito, foram mobilizadas equipes da Polícia Civil de Santa Rosa, Santo Ângelo e do Departamento da Criança e do Adolescente (Deca).

"Frieza", disse a delegada sobre a reação do pai e da madrasta no momento da prisão, que ocorreu no final da noite de segunda-feira, 14.

O menino foi morto em Frederico Westphalen, segundo a delegada regional Cristiane de Moura e Silva. Imangens de lojas em FW ajudaram a identificar os suspeitos. Eles deverão ficar presos por um perído de 30 dias.

Colaboração da cúmplice, amiga da madrasta que também já se encontra presa, de Cristal do Sul, mas que trabalha em FW, foi decisiva para que o corpo do menino fosse encontrado, informou a delegada Caroline.

A polícia suspeita que a madrasta tenha aplicado injeção letal no menino, mas depende de confirmação dos exames periciais.

A polícia tem indício e desconfiança de participação também do pai, e não tem dúvidas da participação dos três. Falta descobrir e provar qual foi a participação de cada um no crime.

A madrasta foi quem levou Bernardo a FW e sofreu multa por excesso de velocidade perto de Tenente Portela, segundo a polícia. O menino foi morto naquela cidade, provavelmente ainda no dia 4 de abril.

A delegada Caroline Bamberg Machado fez um desabafo emocionado sobre o trabalho da polícia que, segundo ela, foi feito em equipe, exigiu largar da família, dias e noites, trabalhando nas investigações, e que as pessoas envolvidas paguem pelo que fizeram.

O corpo de Bernardo Boldrini, de 11 anos, está sendo velado no ginásio de esportes do Colégio Ipiranga até as 13h30 e depois será transladado para Santa Maria, onde será sepultado junto com a mãe que havia cometido suicídio, um tempo atrás, em Três Passos. Fonte: Três Passos News

 

Leia também: (Clique na manchete)

 

População ameaça invadir e queimar casa do pai de Bernardo Boldrini. Veja imagens

 

Pai e madrasta de Bernardo Uglione Boldrini estão presos em Três Passos. Veja imagens

 

Menino desaparecido em Três Passos é encontrado morto

 

Esposa entra armada no consultório de seu marido e atira na própria cabeça

Comentários

  • ROSIMERY PINTO DAMASCENO - RIO DE JANEIRO (Rio de Janeiro)
    Enviado Qui, 17 de abril de 2014

    Quantos Bernardos precisam morrer para que a Lei mude.

     

    Quando uma criança chega a ir uma delegacia para pedir ajuda e porque ela já havia comentado com alguém e ninguém deu importância.

     

    Por favor vamos dar mais atenção a isso.

     

    Se seu filho ou filha chegar em casa dizendo para você que seu coleguinha está triste proque foi espancado.

     

    Ajude a denunciar.

     

    Se o vizinho escutar ou ver a criança pedindo ajuda denuncie.

     

    Porque as vezes as pessoas pensam que a criança está mentindo e ninguém da importância e muitas morrem por você não acreditar que as vezes o inimigo mora dentro de casa.

     

    Bernardo que Deus esteja contigo e que Deus ilumine a cada minuto os caminhos de outras crianças que estejam passando pelo que você passou. Amém 

  • Sissa de Aguiar - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Qua, 16 de abril de 2014

    São estas podridões de seres humanos que me amedrontam.

     

    Sempre que me deparo com situações repugnantes, onde quem deveria educar, acolher, abraçar, amar e proteger, tem atos aterrorizantes, macabros e impiedosos, como este.

     

    Meu dia foi fora do rumo a cada nova notícia que lia sobre o recente caso.

     

    Indignação !!!

Poste aqui seu comentário*


Concordo com os termos de comentário*

Termos de Uso dos Comentários*

Seu comentário irá passar por aprovação editorial antes de ser exibido.

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista.

O teor dos comentários deve ser sensato e moderado. Não publicamos comentários com xingamentos, uso de palavras de baixo calão, ofensas ou que incitem à intolerância ou ao crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem.

Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e o comentarista que habitualmente as transgredir poderá ter interrompido seu acesso ao link de comentários deste Portal.

O autor do comentário deve ser identificado com nome, sobrenome, cidade de origem e e-mail correto.