Médicos realizam caminhada em Ijuí. Veja imagens

Mais de 80 médicos participam da paralisação.

Qua, 31 de julho de 2013

Médicos realizam caminhada pelas ruas do centro de Ijuí durante a paralisação.

Mais de 80 médicos participaram do ato que integrou as paralisações que ocorrem nesta terça-feira e quarta-feira.

Após a coletiva de imprensa no Hospital de Caridade de Ijuí, os médicos realizaram uma caminhada em direção à Praça da República.

Ao chegar na Praça da República, os médicos pararam em frente à prefeitura de onde seguiram até o anfiteatro.

Durante a caminhada, os médicos distribuíram folhetos com suas propostas e reivindicações.

A paralisação ocorre após o anúncio das medidas do governo federal na área da saúde. Segundo as entidades médicas, essas medidas não irão resolver os problemas da saúde pública.

Os médicos propõem que seja criada uma infraestrutura mínima na área de saúde, além de manter o curso de medicina por seis com garantia de acesso a especialização.

Os médicos ainda reivindicam um plano de carreira e a fixação de um salário para que os médicos atuem no interior do país.

Eles também criticam a contratação de médicos estrangeiros que não tenham realizado o exame de revalidação do diploma.

A paralisação dos médicos continua nesta quarta-feira, 31, com mais uma concentração na Praça da República, a partir das 15 horas. O atendimento de urgência e emergência estão mantidos. Apenas os atendimentos em consultórios, como em postos de saúde, podem não ser realizados.

 

Leia também: (Clique na manchete)

 

Médicos consideram satisfatório primeiro dia de paralisação

 

Veja abaixo imagens da Caminhada e do Protesto dos Médicos em Ijuí - Fotos de Karin Franco



Comentários

  • Alexandre Morais - Ijui (Rio Grande do Sul)
    Enviado Qui, 01 de agosto de 2013

    É para acabar mesmo!

     

    Até então nunca tinha visto médicos ir às ruas protestar por melhores condições de trabalho, pois para eles é muito interessante o SUS estar sucateado.

     

    Desta forma mais dinheiro ganharão com consultas particulares.

     

    Só agora que o governo acenou com a possibilidade da vinda de médicos de fora, que se deram conta que perderiam espaço e grana.

     

    E que Deus perdoe aquela pessoa com a faixa dizendo que R$ 10.000,00 é troco,

     

    Com certeza nunca ganhou salário mínimo.

  • Rogério Durks - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Qua, 31 de julho de 2013

    É o fim mesmo ... é a classe profissional que tem a maior remuneração e esta reclamando ... imagina o que resta para as outras profissões.

     

    Vão trabalhar e atender melhor que muitos problemas da saúde pública e do SUS estariam resolvidos.

     

    Porque a classe, ao invés de reclamar de salários, não fazem programas de saúde preventiva, pois são poucos os existentes, e geralmente partem de outras áreas da saúde.

  • Salette Turra - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Qua, 31 de julho de 2013

    Estão de parabéns os poucos que sairam para a ruas.

     

    Olhando deu para ver que a máfia maior de médicos que estão com os bolsos cheios de dinheiro continuaram atendendo normalmente em seus consultórios.

     

    Acho toda reivindicação legal, mas espero que aqueles médicos que atendem pelo SUS sejem mais dedicados e comprometidos com a população que mais necessita.

  • Carla Blender - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Qua, 31 de julho de 2013

    Consultas, dependendo o médico, tem que aguardar 3 meses ainda com convênio!!!

     

    Mas particular é atendido na hora!!!  Basta pagar R$ 200,00.

  • Gilberto Natal Maas - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Ter, 30 de julho de 2013

    Fim do corporativismo!!!

     

    Qual a alternativa que os médicos estão apresentando à população?

     

    Que tal se doarem um pouco mais e proporem a trabalhar algumas horas a mais para acabar com as filas?

     

    Consultas dependendo o médico tem que aguardar 3 meses ainda com convênio!!!

     

    Não dá só para esperar do governo!!!

  • Elton Neukamp - Ijuí (Rio Grande do Sul)
    Enviado Ter, 30 de julho de 2013

    Jamais na história desse país ocorreu um fato semelhante a este.

     

    Acho que realmente estamos no princípio do fim.

     

    Se eles estão insatisfeitos, o que dirão os que ganham salário mínimo, ou pior, os que estão desempregados.

     

    E a inflação pegando.

     

    ACORDA BRASIL !!!!

Poste aqui seu comentário*


Concordo com os termos de comentário*

Termos de Uso dos Comentários*

Seu comentário irá passar por aprovação editorial antes de ser exibido.

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista.

O teor dos comentários deve ser sensato e moderado. Não publicamos comentários com xingamentos, uso de palavras de baixo calão, ofensas ou que incitem à intolerância ou ao crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem.

Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e o comentarista que habitualmente as transgredir poderá ter interrompido seu acesso ao link de comentários deste Portal.

O autor do comentário deve ser identificado com nome, sobrenome, cidade de origem e e-mail correto.